A HISTÓRIA DO TRABALHO E A CRIAÇÃO DA CLT

Autores

  • Bruna Lorrana Texeira Freitas
  • Diego Santana Dourado
  • Gabriella Freitas Boaventura
  • Kattarina Ribeiro Borges Almeida

DOI:

https://doi.org/10.35987/laborjuris.v1i1.38

Palavras-chave:

Leis trabalhistas, Relações laborais, Direito trabalhista, Escravidão

Resumo

Este trabalho tem o objetivo de analisar as relações laborais e o meio ambiente do trabalho no Brasil. Parte-se do desenvolvimento e trajetória histórica das relações trabalhistas, e apresenta a incansável luta da classe trabalhadora brasileira por reparação e igualdade desde o advento dos movimentos sindicais. Discute-se particularmente a consolidação das leis trabalhistas, a precarização das condições de trabalho, bem como persistência do trabalho escravo nesse país, questionando a garantia do respeito efetivo ao princípio constitucional da dignidade da pessoa humana por parte da CLT. Será observado que apesar de toda trajetória percorrida, os direitos trabalhistas ainda encontram entraves e limitações, que nos dias atuais existem trabalhadores sendo submetidos a condições de trabalho insalubres e degradantes, e ainda, que apesar de o Brasil ser destaque no combate ao trabalho escravo, é grande o número de trabalhadores nessa condição. Para este propósito, utiliza-se a metodologia referencial bibliográfico, valendo-se de livros, artigos e da própria CLT.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AVELINO, José Araújo. Curso de Direito e Processo do Trabalho. São Paulo: LTr, 2016.

CINTRA, André. Como os operários do Egito Antigo fizeram a primeira greve da história. CTB, 2017. Disponível em: <https://ctb.org.br/noticias/internacional/ como-os-operarios-do-egito-antigo-fizeram-a-primeira-greve-da-historia/>. Acesso em: 21 de fev. de 2020.

DELGADO, Mauricio Godinho. Curso de Direito do Trabalho. São Paulo: LTr, 2017.

GERMANO, Felipe. As 6 greves mais importantes da história. Superinteressante, 28 de mai. de 2018. Disponível em: <https://super.abril.com.br/comportamento/as-6-greves-mais-importantes-da-historia/>. Acesso em: 21 de fev. de 2020.

MARX, K. O Capital: crítica da economia política. Tradução por Regis Barbosa e Flávio R. Kothe. São Paulo: Abril Cultural, 1985ª. Livro 1, v.1, t.1. (Os economistas).

MORAES, Vanessa, Consolidação das Leis do Trabalho: aspectos gerais e o que mudou. Blog da Aurum, 31 de outubro de 2019. Disponível em: <https://www.aurum.com.br/ blog/consolidacao-das-leis-do-trabalho/>. Acesso em: 13 de fev. de 2020.

PENA, Rodolfo F. Alves. "Trabalho escravo no Brasil atual"; Brasil Escola. Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/brasil/trabalho-escravo-no-brasil-atual.htm.>. Acesso em 16 de fevereiro de 2020.

PRINCIPAIS direitos do trabalhador brasileiro. Iped, [s.d]. Disponível em, <https://tecnoblog.net/247956/referencia-site-abnt-artigos/>. Acesso em: 13 de fev. de 2020.

TRINDADE, Raquel Guimarães da. Garantia, previsão e limitações ao direito de Greve. Jusbrasil, 2015. Disponível em: <https://quelgt.jusbrasil.com.br/ artigos/219233682/garantia-previsao-e-limitacoes-ao-direito-de-greve>. Acesso em: 20 de fev. de 2020.

LEAL, Priscila de Oliveira Ribeiro. A evolução do trabalho humano e o surgimento do Direito do Trabalho. Jus, 2014. Disponível em: <https://jus.com.br/artigos/32198/a-evolucao-do-trabalho-humano-e-o-surgimento-do-direito-do-trabalho>. Acesso em: 23 de fev. de 2020.

Downloads

Publicado

2020-06-01

Como Citar

Bruna Lorrana Texeira Freitas, Diego Santana Dourado, Gabriella Freitas Boaventura, & Kattarina Ribeiro Borges Almeida. (2020). A HISTÓRIA DO TRABALHO E A CRIAÇÃO DA CLT. Revista De Direito Do Trabalho, Processo Do Trabalho E Direito Da Seguridade Social, 1(1). https://doi.org/10.35987/laborjuris.v1i1.38